Enerray do Brasil começa seu projeto de expansão no Brasil

A Enerray do Brasil, responsável por duas obras no interior da Bahia, inicia seu projeto de crescimento no Brasil. Prestes a entregar uma das obras, previsão para abril, as usinas irão gerar 254 MWp e 103 MWp e uma produção anual está estimada em 700 GWh.

O aumento no consumo de energia que o Brasil está enfrentando nos últimos anos, não está sendo acompanhado pelo crescimento na geração de energia de fontes tradicionalmente presentes no país, entre as quais a hidrelétrica, o que exige uma diversificação na matriz energética.
Uma das soluções são as usinas fotovoltaicas, cujo mercado, especialmente em países como o Brasil, os Estados Unidos eo Japão está tendo um aumento contínuo, gerando amoras de 2,8 milhões de postos de trabalho no mundo.

Segundo o Diretor da Enerray no Brasil Thomas Kraus, existe uma abundância e disponibilidade de fonte solar em qualquer ponto e localidade do país, possibilitando um maior aproveitamento e geração de energia. “A energia produzida pelo sistema fotovoltaico permite que empresas reduzam ou até eliminem os custos contraídos com o uso de eletricidade da rede elétrica. Todos os custos adicionais são evitados tais como TUSD (custo de energia elétrica para revenda e do uso da rede de distribuição), taxas etc” completou Kraus.

O sistema é conectado à rede permitindo injetar os excedentes de energia gerada e não consumida ganhando um crédito de energia e ainda possuem longa duração (25-30 anos) com manutenção reduzida devido à falta de peças mecânicas móveis.

A Enerray do Brasil, que recentemente mudou suas instalações para um novo escritório com sede na cidade de Jundiaí, a 50 km de São Paulo, possui toda a infraestrutura para atender as necessidades de empresas em todo o país.

Enerray é parte da Grupo Industrial Maccaferri que está presente no Brasil há 40 anos.